Not Natasha

Not Natasha é o nome da série de fotografias tiradas pela fotógrafa Dana Popa de mulheres que se tornaram vítimas do tráfico sexual. Natasha é o apelido dado a mulheres com aparência da Europa Oriental que trabalham como prostitutas, um apelido odiado pelas mulheres vítimas do tráfico. As fotos são acompanhadas de depoimentos das vítimas que conseguiram sair dessa situação devastadora. Essa triste realidade é muito bem abordada no filme Para Sempre Lilya, onde uma jovem de 16 anos é seduzida por um homem que lhe promete uma vida melhor na Suécia, mas que na verdade é um traficante de mulheres. Com certeza é um dos filmes mais tristes que já vi, justamente por se tratar de uma realidade cruel, onde pessoas, majoritariamente mulheres, são submetidas à escravidão sexual.

1

“Por que você tem que desenterrar meu passado novamente?”

3

“Durante um ano e quatro meses, de 4 da manhã até o final da tarde, nós trabalhamos como escravas. E nunca nos pagaram um centavo. Coisas terríveis que eu não posso falar aconteceram a minha irmã.”

4

“Meu futuro marido me vendeu por $2200″

5

“Em Albania, no caminho para Itália, eu fui vendida. Eu escapei após 3 anos. Eu fiquei grávida de um dos traficantes e tive gemeos. Um deles está com tuberculose. Eu os amo…”

6

“O cafetão tentou induzir um aborto pela administração de remédios, mas não funcionou. Então eu estava carregando um feto morto em meu útero por 2 meses. Eu fui ainda forçada a ter 3, 4 clientes por dia.”

8

“Eu tinha apenas 12 anos. Eu não quero falar sobre isso.”

2

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s