0

Clifford Coffin

Um dos fotógrafos de moda mais notáveis do período pós Segunda Guerra Mundial, Clifford Coffin nunca estudou fotografia, mas, assim que decidiu que se tornaria fotógrafo, enviou seu trabalho ao diretor de arte da Vogue americana. Enquanto muitos fotógrafos eram enviados para Guerra em 1942, Coffin teve a sorte de ser contratado por revistas para trabalhar em caráter experimental, mesmo que não recebesse por isso.

clifford coffin Continue lendo

0

Angelo Pennetta

Uma das coisas que mais gosto nas fotos de Angelo Pennetta são as cores sempre vivas e o clima natural que o distingue dentro do mercado da fotografia de moda. Diferentemente dos editoriais com poses forçadas, as pessoas retratadas por Pennetta aparecem em clima descontraído e fora de estúdios fotográficos. Seu trabalho aparece constantemente em revistas como i-D, Vogue e Dazed and Confused. Pennetta também disponibiliza as fotos rejeitadas pelas revistas para as quais é contratado em seu site e tumblr.

000074580007-copy-2 Continue lendo

0

Guy Bourdin

Guy Bourdin (1928-1991) nasceu em Paris. Pintor durante toda a sua vida e fotógrafo autodidata, ele trabalhou para revistas como Vogue e marcas como Chanel, Ungaro e Charles Jourdan. Expôs suas primeiras fotografias na Galeria 29, em 1952. Hoje, o trabalho de Bourdin é exibido nos mais prestigiados museus, como o Victoria & Albert Museum, The Jeu de Paume, o Museu Nacional de Arte da China, entre outros. Suas obras é parte da coleção de muitas instituições de prestígio, como o MoMA, em Nova York, o Museu Getty, em Los Angeles e SFMOMA em San Francisco.

guy-bourdincharles-jourdan-spring-1979

Continue lendo

2

Uma petição contra Terry Richardson

tzBTWUnxeSPIFPP-556x313-noPad

Na semana passada, Alice Ehrenfried iniciou uma petição para que grandes marcas e revistas parem de contratar Terry Richardson para fotografar suas campanhas e editoriais. O motivo? Simples. Terry é acusado de explorar e assediar modelos, ser agressivo e produzir imagens extremamente sexistas e degradantes para mulheres.

A petição, “Vogue, H&M, Mango, Supreme, & all other brands: Stop using alleged sex offender Terry Richardson as your photographer”, já atingiu quase oito mil assinaturas e pretende alcançar até 50 mil. Ela pode até não conseguir que grandes marcas parem de contratar Richardson – ele é queridinho no mundo da moda -, mas causará algum impacto. A H&M já anunciou que se as acusações contra Richardson forem verdadeiras, não contratará mais o fotógrafo (ok, a H&M parece só estar tentando ser legal). Além disso, chama a atenção para a sexualização da imagem de modelos jovens, para a forma degradante como a mulher é explorada na mídia e as condições de trabalho a que modelos são submetidas.

Infelizmente, as acusações contra Richardson parecem não incomodar nem um pouco empresas e celebridades . A revista Harper’s Bazaar contrata o fotógrafo constantemente e celebridades como Madonna, Gisele Bundchen, Lana Del Rey, Sarah Jessica Parker, Kate Moss, Lena Dunham, James Franco e Obama (#deception) continuam aceitando ser fotografadas por ele. Novidade? Não. Em uma sociedade que sempre culpa a mulher por qualquer coisa ruim que lhe aconteça (principalmente assédio e estupro) não é difícil compreender porque Richardson continua sendo contratado e até virado uma espécie de celebridade.

Se você é a favor da petição, então é só clicar aqui e assiná-la. Chega de apoiar a cultura de estupro.

0

Nas ruas

Um dos quesitos pra se destacar como fotógrafo de street style, é ser também uma celebridade dos blogs de street style. Karl Edwin Guerre, do blog Guerreisms, é um desses fotógrafos. Adoro a forma como ele parece sempre elegante, mesmo misturando tantas cores. Outra que eu também gosto muito é a Caroline Blomst, do Stockholm street style, por possuir um estilo básico que passa longe dos exageros das personalidades fashionistas.

Hanneli Mustaparta é mais uma que faz mais sucesso diante das lentes do que atrás delas. Já Scott Schuman, do Sartorialist, é a principal referência quando o assunto é fotografia de moda street style. Confira um pouco mais do estilo desses fotógrafos.

Karl Edwin Guerre:

collage

Caroline Blomst:c2 caroline

Fotógrafas pelas lentes de Scott Schuman, do Sartorialist, incluindo a Garance Doré.
collage

E o próprio Scott:

schumann2

Abaixo, Hanneli Mustaparta, Jane Keltner, Marianne Theodorsen e Tamu McPherson.

street

tumblr_mb9srq3hP41qfn79co1_1280

Imagens via: Citizen Couture, Trés Awesome, Sartorialist, NY Mag, Teen Vogue, Justin Chung, Wikimedia e Carolines Mode.