Gregory Crewdson

As fotografias de Gregory Crewdson retratam pequenas cidades dos Estados Unidos de forma dramática e cinematográfica. Elas apresentam eventos surreais e muitas vezes perturbadores. Suas fotografias são elaboradamente encenadas e iluminadas utilizando pessoas familiares com produção, iluminação e equipamentos cinematográficos. Crewdson foi influenciado pelos filmes Vertigo, O mensageiro do Diabo, Contatos Imediatos do Terceiro Grau, Veludo Azul; bem como o pintor Edward Hopper e a fotógrafa Diane Arbus.

0_11347e_9caf3b9b_orig Continuar lendo

Série fotográfica mostra detentos e os conselhos que eles dariam a si mesmos se pudessem voltar ao passado

Imagine que sua vida pode mudar completamente por causa de uma decisão ruim. Agora imagine que você pudesse voltar atrás e aconselhar a si mesmo a não tomar o caminho errado. The Reflect Project é um projeto do fotógrafo Trent Bell que mostra detentos e o que eles diriam a sim mesmo se pudessem voltar no tempo.

Bell pediu que 12 internos do sistema prisional de Maine escrevessem cartas à mão para eles próprios mais jovens antes que eles fossem condenados. Depois disso, Trent Bell os fotografou tendo as cartas que eles escreveram como pano de fundo.

A ideia para o projeto surgiu após um amigo de Bell ter sido condenado a passar 36 anos na prisão. “Nossas escolhas ruins podem conter uma perda incalculável, remorso e arrependimento”, diz Bell “, mas o valor positivo dessas más escolhas podem ser imensurável se pudermos enfrentá-las, admiti-las, aprender com elas e encontrar força para compartilhar. ” (via flavorwire)

"Nunca perca a pessoa que você realmente é, pois pode ser tarde demais quando você conseguir encontrar-se de novo."

“Nunca perca a pessoa que você realmente é, pois pode ser tarde demais quando você conseguir encontrar-se de novo.”

Continuar lendo

Malick Sidibé

Malick Sidibé nasceu em uma pequena aldeia de Mali. Seu interesse pela arte começou na escola, onde fazia desenhos para eventos oficiais. Depois de ser notado pelo seu talento como desenhista, ele foi admitido na Escola Sudanesa de Artesãos, em Bamako, onde se formou em I955.

No mesmo ano Sidibé teve seu primeiro contato com a fotografia. Ele foi contratado por Gerard Guillat para trabalhar em sua loja, “Gégé la Pellicule “, e lá aprendeu técnicas de fotografia observando Guillat. Em 1958 ,Malick abriu seu próprio estúdio no centro de Bamako, onde ainda hoje imprime seus retratos e conserta câmeras.

Nuit_de_Noel_Happy_Club_Bamako_1963 Continuar lendo

David Alan Harvey

Nascido em São Francisco, Estados Unidos, David Alan Harvey descobriu a fotografia aos 11 anos, quando comprou sua primeira câmera fotográfica e passou a fotografar a família e vizinhos. Em 1966 publicou seu primeiro livro, Tell it like it is, com fotos de uma família negra americana que vivia em um bairro pobre em Norfolk, Virginia. Harvey já fotografou mais de 40 artigos da National Geographic, e tem dois livros publicados sobre a cultura latino-americana: Cuba e Divided Soul. Atualmente é membro da Agência Magnum.

summer-cruise-paris-harvey_8027_990x742 Continuar lendo

Gregory Colbert

Gregory Colbert é um fotógrafo e cineasta canadense que começou a carreira artística produzindo filmes com temáticas sociais em Paris na década de 1980. Seu trabalho retrata a relação entre pessoas e a natureza, como visto no seu projeto mais conhecido, Ashes and Snow.

“Eu acredito que a natureza é a melhor contadora de histórias. Explorando a linguagem e a sensibilidade poética compartilhada por todos os animais, eu estou trabalhando para descobrir o terreno em comum que um dia existiu quando as pessoas viviam em equilíbrio com a natureza. As imagens retratam um mundo que é sem começo nem fim, aqui e ali, passado ou presente.” via Tumblr

4 13 5 6 7 8 9 10