Ideias para tentar: meia-calça na lente da câmera

Para conseguir uma atmosfera vintage nos filmes Desejo e Reparação e Anna Karenina, o diretor de fotografia Seamus McGarvey utilizou meias-calças nas lentes das câmeras. A ideia é simples e barata, e pode render resultados interessantes.

ma3 ma ma2

via fashion&film. mais ideias aqui.

Como a fotografia pode mudar você

foto por Hugues Erre, 1976
foto por Hugues Erre, 1976

“Há uma coisa que praticar a fotografia faz com você que é imensamente valiosa e muitas vezes esquecida. Isso te obriga a ver o mundo ao seu redor de uma forma completamente diferente. Ensina você a encontrar a beleza e impacto e simbolismo em lugares que a maioria das pessoas não dariam uma segunda olhada. Fotografia ensina você a prestar atenção e apreciar. Trata-se de ver muito mais do que sobre capturar o que você vê.

Se você gosta de tirar fotos que são bonitas, isso torna o mundo ao seu redor mais bonito. Não é apenas sobre beleza, no entanto. Trata-se de intensidade. Praticar a fotografia de uma forma consciente faz com que o mundo ao seu redor se torne visualmente mais estimulante e suas experiências mais ricas. Você pode nunca produzir a próxima Lua sobre Hernandez [Ansel Adams], seu trabalho pode não enfeitar as paredes de museus importantes (embora talvez possa – nunca se sabe), mas você vai, se você fizer isso direito, obter mais da vida. Pegar a câmera foi uma das melhores coisas que eu já fiz. Sim, isso me levou anos e anos de gatinhos e pôr do sol, mas, no final, isso me transformou de uma maneira muito profunda. Isso realmente me fez melhor na vida.” – Alex Furman

leia o texto na íntegra (em inglês) em: The Practice of Photography.

Como encontrar seu caminho no processo criativo

“Ninguém diz isso às pessoas que estão começando – e eu realmente gostaria que alguém tivesse dito isso para mim – é que todos nós que fazemos um trabalho criativo … nós fazemos isso porque temos bom gosto. Mas é como se houvesse uma lacuna, que durante os primeiros dois anos que você está fazendo coisas, o que você está fazendo não é tão bom, OK? Não é lá grande coisa. Realmente não é grande coisa.  Está tentando ser bom, tem ambição de ser bom, mas não é assim tão bom. Mas seu gosto – a coisa que fez você entrar no jogo – o seu gosto ainda é assassino, e seu gosto é bom o suficiente para que você possa dizer que o que você está fazendo é uma espécie de decepção para você, você sabe o que quero dizer?
Muita gente nunca passou dessa fase. Um monte de gente nessa fase, elas desistem. E a coisa que eu gostaria de dizer à você com todo o meu coração é que quase todo mundo que eu conheço que faz  um trabalho criativo interessante, eles passaram por uma fase de anos em que tiveram muito bom gosto e eles poderiam dizer que o que eles estavam fazendo não era tão bom como eles queriam que fosse – eles sabiam que faltava alguma coisa, não tinha algo de especial que nós gostaríamos que tivesse.
E a coisa que gostaria de dizer a você é que todo mundo passa por isso. E que para você passar por isso, se você está passando por isso agora, se você está apenas saindo dessa fase – você tem que saber que é totalmente normal.
E a coisa mais importante que você pode fazer é trabalhar bastante – fazer um enorme volume de trabalho. Ponha-se em um prazo para que todas as semanas ou todos os meses você saiba que irá terminar uma história. Porque só fazendo muito trabalho que você irá fechar essa lacuna. E o trabalho que você está fazendo vai ser tão bom quanto suas ambições. Demora um pouco, vai levar um tempo – é normal demorar um pouco. Você só tem que encontrar seu caminho através disso, ok?” – Ira Glass

Fotografar é vagar sozinho pelo mundo

Quando seu sobrinho Sebastián Donoso estava começando a se aventurar pelo mundo da fotografia, o fotógrafo chileno Sergio Larrain lhe escreveu uma carta dando conselhos de como se tornar um bom fotógrafo. A carta está transcrita logo abaixo, e você pode ler a original em espanhol em ver para creer.
larrain Continue reading “Fotografar é vagar sozinho pelo mundo”

Se você não quer perder suas fotos, é melhor começar a revelá-las

Se você tem medo de perder suas fotos digitais armazenadas no computador, dispositivos móveis ou internet (dropbox, google drive), então você precisa começar a revelá-las. Pelo menos é o que diz o vice presidente da Google e um dos criadores da internet, Vint Cerf.

Cerf afirma que podemos viver uma próxima “idade das trevas” porque os arquivos digitais que criamos estão propensos a sofrerem com uma forma de degradação de software chamada bit rot. Em outras palavras, nossos arquivos dependem de softwares que precisam de atualização e suporte. Arquivos jpg, pdf, e extensões  doc podem se tornar obsoletos,  e os softwares usados para abri-los também serão abandonados, deixando-nos com uma vasta quantidade de dados inacessíveis.

Nas palavras de Cerf:

“Temos vários formatos para fotografias digitais e filmes e esses formatos precisam de um software para processá-los corretamente. Às vezes, os padrões que usamos para produzir os objetos desaparecem e são substituídos por outras alternativas e, em seguida, o software que supostamente deveria processar imagens, não pode processar os formatos mais antigos, uma vez que as imagens não são mais visíveis.
(…)
Se houver fotos com as quais você realmente se importa, então a criação de uma instância física é provavelmente uma boa ideia. Imprime-as, literalmente.”

Via PetaPixel.

Coleção Photo Poche

photo poche

Se tem uma coisa que sempre faço antes de comprar livro na internet, é procurar por imagens do mesmo no google. Nada pior do que comprar um livro e se decepcionar quando ele chega às nossas mãos. E quando se trata de livro de fotografia, aí que tem que ser uma edição bonita e bem acabada, afinal, o livro é de fotografias, logo, tem que ter um papel decente e um acabamento legal, pra melhor manuseio das páginas e visualização das imagens.

Pois bem, a coleção Photo Poche é uma dessas coleções de fotografias bem feitas e bacanas. Aliás, não poderia ser diferente, já que no Brasil ela foi lançada pela editora Cosac Naify. Os livros vem em volumes individuais ou em caixa (cada uma com 5 livros). A Cosac já lançou 10 títulos, que são:  Henri Cartier-BressonMan RayHelmut NewtonSebastião Salgado e Elliott Erwitt (caixa um), e Josef KoudelkaLewis CarrollRobert CapaEdward Steichen e André Kerstész (caixa dois).  Continue reading “Coleção Photo Poche”

Dicas, truques e diy para quem ama fotografar

Dicas, truques e tutoriais que podem te ajudar na hora de fotografar, editar e compartilhar imagens.

diy fotografia faça você mesmo

Do it yourself  (Faça você mesmo):

Tutorial de como usar uma embalagem de plástico para dar efeito etéreo à suas fotos.
Pano de fundo de corações
Usando a luz da janela
Molduras desenhadas com giz
Papel de parede de molduras que serve de inspiração para criar molduras com adesivo.
Pano de fundo com forminha de doce
Pano de fundo com papel crepom
Pano de fundo com papel cartão (a ideia é para fazer um quadro mas serve para fazer pano de fundo)

Dicas e truques:

14 ferramentas para usar (e editar) imagens em blogs e redes sociais via Fast Company.
Muitas dicas e tutoriais nesses links via Design Crush.
Mais um editor de imagens grátis e cheio de recursos.
Mais megapixels significa maior qualidade de imagem?