Vivian Maier em cores

Embora a maior parte do acervo de fotos de Vivian Maier seja em preto e branco, existem algumas fotografias em cores que revelam o talento desta fotógrafa americana hoje considerada uma das melhores fotógrafas dos Estados Unidos. Maier, que tirou fotografias incríveis das cidades de NY e Chicago, onde trabalhava como babá, teve seus negativos e entrevistas que fazia com pessoas na rua descobertos apenas recentemente, em 2007. A partir daí, o trabalho de Maier foi catalogado, publicado em livros e tema de exposições por vários países (no Brasil, as fotos de Maier foram expostas pelo MIS).vivian maier 2

Confira abaixo as fotos coloridas de Vivian Maier. Mais fotos aqui.

 

Autocromos por Etheldreda Laing

Sou grande admiradora das fotografias autocromos, em especial, dos autocromos que Jaques Henri Lartigue tirou de Bibi Lartigue, sua esposa. Por isso, toda vez que vejo fotografias autocromos fica difícil resistir e não postar aqui no blog. É o caso das fotografias abaixo, tiradas durante as primeiras décadas do século passado por Etheldreda Laing, uma artista inglesa membro da Royal Miniature Society.

Laing começou a usar o processo autocromo em 1908, tendo suas duas filhas como principais objetos de suas fotografias.  Usando seu jardim como locação, principalmente por ter uma luz favorável, Laing tirou fotos que não só mostram seu talento como fotógrafa, mas que também revelam a influência da pintura na fotografia no começo do século XX.
autocromo 4Leia mais »

Fotografias por Alana Paterson

Tonalidades verdes são uma das coisas que mais se destacam em fotografias, assim como amarelo, vermelho e azul. Não é à toa que essas eram algumas das cores mais marcantes nas imagens de William Eggleston. O mesmo acontece nas fotografias abaixo, tiradas por Alana Paterson.

Se você não possui câmeras analógicas, duas maneiras fáceis de conseguir essas tonalidades em suas fotografias são através do vsco (disponível para ios e android) ou o filtro jyler, do pixlr (effect/vintage/jyler).

Para mais fotos acesse: site / blog / instagram.

2Leia mais »

Let’s get unconscious, honey

Imagens da série Unconsciousness: Consciousness, da fotógrafa Lavender Chang.

lav1Leia mais »

Fotografias por Katherine Squier

4Leia mais »

Corpo e luz

Fotos por Anne Lamb.
scared_1_cropA_o Oak Still Life

Hora da leitura

Imagens da série Reading Women pela fotógrafa Carrie Schneider.

Rena lendo Zadie Smith, Megha lendo Edith Wharton.
Rena lendo Zadie Smith, Megha lendo Edith Wharton.

Leia mais »

Espelhos

Fotos por  Yeong Ja Jung

Exposure-on-the-Mirror-by-Yeong-Ja-Jung-1980-3Leia mais »

Série mostra como a violência masculina se faz presente no dia a dia das mulheres

Em sua série Boundaries, a fotógrafa Allaire Bartel retrata a violência com a qual mulheres são obrigadas a viver no dia a dia.  A série mostra uma mulher jovem em suas atividades rotineiras e como a agressão masculina está presente em cada uma delas.Ela explica:

O conceito de male entitlement é representado por braços e mãos masculinas realizando uma série de ações que são extremamente intrusivas em seu corpo [da mulher] e sua vida. Em cada situação, ela mantém uma expressão vazia, uma escolha visual que demonstra o quanto somos condicionadas como mulheres a aceitar esta atmosfera como desculpável e até mesmo normal.

allairebartel_boundaries-4Leia mais »