Marilyn Monroe por Ed Feingersh

Em 1955, Marilyn Monroe se mudou de Los Angeles para uma suíte de hotel em Nova Iorque. Naquele ano, tanto Marilyn quanto Milton Greene, amigo e fotógrafo de MM, decidiram que Marilyn precisava de uma renovada em sua imagem, já que ela havia abandonado seu contrato com a Twentieth Century Fox e estava se esforçando para se distanciar da imagem de símbolo sexual e ser levada a sério como atriz.

Ed Feingersh marilyn 3 Continue reading “Marilyn Monroe por Ed Feingersh”

50 anos sem Marilyn

Algumas curiosidades sobre os fotógrafos de Marilyn:

  • Andre De Dienes foi o primeiro a fotografar Marilyn profissionalmente, quando ela ainda era Norman Jeane.
  • Eve Arnold era a fotógrafa em quem Marilyn mais confiava, e fotografou MM durante as gravações de seu último filme, Misfits (Alguém tem de ceder não chegou a ser terminado, por isso Misfits foi o último filme da atriz e também de Clark Gable).
  • A última sessão de fotos de Marilyn foi fotografada por Bert Stern.
  • Sua foto preferida foi tirada por Cecil Beaton.
  • George Barris fotografou a estrela logo após a demissão de Marilyn do filme Alguém tem de ceder. Marilyn contratou o fotógrafo para retomar a confiança do público, mídia e produtoras já que a Fox havia demitido Marilyn e dito que era impossível trabalhar com ela (Marilyn estava sempre atrasada e faltava frequentemente as gravações de Alguém tem de ceder).
  • Milton Greene era fotógrafo e amigo de Marilyn, o qual fundou uma produtora de filmes junto com a estrela (Marilyn Monroe Productions), que produziu Bus Stop e The Prince and the Showgirl.
por Bert Stern
Marilyn Monroe, 1948. Foto de Bruno Bernard

Marilyn em 1956, por Cecil Beaton
Foto de Andre de Dienes
por Earl Leaf
por Ed Feingersh, 1955
por Milton Greene
por James Haspiel, 1955